sexta-feira, setembro 17, 2010

Fotografia



A Luz é sempre mais apreciada depois depois da escuridão. Os meandros da alma e das acções não são contudo, sempre claros.



2 comentários:

AC disse...

A luz só faz sentido se houver escuridão. E vice-versa. São, portanto, duas eternas companheiras...

Beijo :)

Me Hate disse...

É a maravilhosa (ainda que por vezes trágica) dicotomia em que, muitas vezes a vida nos lança.

Um forte abraço amigo.