quinta-feira, agosto 26, 2010

Sugestões...


Para quem gosta de romance histórico, como género literário, este "A última Estação", parece o resolução das nossas "preces", escrito com múltiplos narradores, esta Estação parece não ter fim... e ainda bem.

Recriando o derradeiro ano de vida de Tolstói e, baseado nos diários daqueles que com ele privaram nesse período: Sófia Andréevna (esposa), Vladimir Tchertkov (amigo, conselheiro e editor), Sacha (filha), Duchan Makovítski (médico pessoal) e Valentim Bulgákov (jovem secretário).

O autor de Guerra e Paz e Anna Karenina, retirado, segundo o livro, na casa de campo de Iássnaia Poliána, aspira à paz de espírito e ao despojamento cristão mas vê-se envolvido na intriga e no confronto entre a mulher e o editor, ambos interessados nos direitos de autor dos seus escritos.

O livro foi considerado por Gore Vidal “um dos melhores romances históricos dos últimos 20 anos”, e eu, que respeito muito a pessoa de Vidal, não lhe acrescento mais nenhum atributo... Desfrutem...

Sem comentários: