quinta-feira, julho 15, 2010

Dissertações 1



A dor tem o tamanho de uma Moleskine...

6 comentários:

Luana disse...

Um caderninho de dor.
Es directa me hate,e dizes o que sentes..D
__Um beijo imenso!

Paula C. disse...

Não sei, mas isso só quem a sente é que poderá dizer...
Um grande beijo e fica bem:)
Bom fim-de-semana!

Anónimo disse...

Ou o tamanho de um blogue.
Ou de um facebook.

Ou isto foi apenas um anacronismo?????

Me Hate disse...

É verdade Luana... um caderninho de dor é quanto nos custa a perda... Tem a mesma dureza que uma Moleskine, a mesma "negritude" da Moleskine, e... ao contrário de muitas... é privada!

Sou directa... no fundo, as pessoas no primeiro momento topam-me logo: directa, com tendência a inventar, quezilenta, com a mania de ser boazinha e altruísta e... mais umas quantas qualidades (?) ou defeitos (?) que toda a gente ama odiar mas, assim se passam os dias...

Beijo para ti também, fica bem.

Me Hate disse...

Paula, claro... isto foi apenas uma brincadeira que se queria que suscita-se algum conforto ou... desconforto... ;)

A dor, como o amor e todos os outros sentimentos são tão pessoais como a nossa pele e, por isso, só definida pelo próprio...

Beijo e até breve (por cá) esperemos. :)

Me Hate disse...

Anonimo,

Ou de um Twitter
Ou de... e agora já recordo mais nada pseudo-social... Sorry! A minha ignorância é por demais larga nesta matéria... Ensino aos outros e esqueço os "ensinamentos" para mim...

Foi um paralelismo... acho que não estou "perdida" no tempo... ainda que uma Moleskine já me tenha servido para outras coisas... igualmente nobres... como a dor.