quinta-feira, dezembro 10, 2009

Como tu...


Sim! Lembro-me: de que me compravas os gelados às escondidas... mas ainda assim, nunca tive cáries!
Lembro-me: que me deixaste um dia fingir que guiava o teu grande Mercedes... deve ser por isso que me acho um ás no volante!
Lembro-me: que apesar da avó não deixar, tu dizias sempre que podia ver televisão "até morrer de exaustão"... daí que goste mais de ler!
Lembro-me: que como a avó, cheiras a lavanda... daí que ainda adore esse cheiro!
Lembro-me: me davas as ginjas do licor... daí que peça sempre ginjinha com mais ginjas do que licor, o que deixa sempre o senhor da Ginjinha meio baralhado!
Lembro-me: que acertavas sempre nas prendas que mais queria... daí que quando não goste de uma, ainda que seja falta de educação, faça aquele esgar do género: "pois, atão não é que adorei"!
Lembro-me: que me levaste pela primeira vez "aos petiscos"... daí que ainda hoje seja "uma petisqueira"!

Lembro-me: que ... ... ...

E, tu já esqueceste muita coisa, a idade não perdoa e hoje foram 90 anos mas... hoje, por telefone, não só reconheceste logo a minha voz como em surdina, porque a minha mãe estava por perto, disseste: "Aqui há uns tempos fomos a uns petiscos lá do outro lado, já não recordo bem o caminho mas... podíamos voltar?"

11 comentários:

João Videira Santos disse...

Um texto interessante e cheio de lembranças. Gostei.

Me Hate disse...

Obrigada João. Foi sentido... é assim o amor que sinto pelo este meu querido avô.

MENSAGENS AO VENTO disse...

__________________________________


Nem imagina as lembranças que brotaram, enquanto eu lia o seu texto... Também tive um avô, que era bem assim, como o seu!
Benditos sejam os avós que transgridem as regras...

Gostei muito do seu texto!


Beijos de luz...

Zélia (Mundo Azul)

________________________________

Me Hate disse...

Zélia, desde já obrigada pela visita. Depois muito obrigada pelas palavras generosas, felizmente, devem-se todas ao meu avô... enquanto crecia, posso dizer que fui muito afortunada pelas pessoas que fui tendo ao meu lado, mas, acima de tudo pelo a melhor sorte de todas que foi esta: de ter um avô-pai, um avô-mãe, um avô-amigo, um avô-carinho... :)

mor disse...

Os avós são uma parte boa e mágica da infância. se pudermos crescer com eles ainda melhor ;-). Doces recordações.
Bjs

Fatima disse...

Parabéns ao Avô!

Beijos à neta.

Paula disse...

Bela idade e magnificas memórias.
Adorei!!!
Um grande beijo

Me Hate disse...

Mor, é mesmo!

E neste caso como ele quer chegar até aos 110 anos (creio que foi porque descobriu há pouco tempo, que houve um familiar que chegou até essa idade e portanto diz que pelo menos até aí quer chegar) é caso para dizer VENHAM mais 20 que malta está mesmo a gostar... Láriri...

Me Hate disse...

Fátima, obrigada... como sempre atenta! Ao contrário de mim... ;)

Me Hate disse...

Paula, o esforço de escrita, como já referi não foi grande, bastou-me lembrá-lo e merecia muito mais... Beijo

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,