segunda-feira, abril 20, 2009

Ódio Musical passado... A girl like you - Edwin Collins

Ser Doido-Alegre, que Maior Ventura!

Ser doido-alegre, que maior ventura!
Morrer vivendo p'ra além da verdade.
É tão feliz quem goza tal loucura
Que nem na morte crê, que felicidade!

Encara, rindo, a vida que o tortura,
Sem ver na esmola, a falsa caridade,
Que bem no fundo é só vaidade pura,
Se acaso houver pureza na vaidade.

Já que não tenho, tal como preciso,
A felicidade que esse doido tem
De ver no purgatório um paraíso...

Direi, ao contemplar o seu sorriso,
Ai quem me dera ser doido também
P'ra suportar melhor quem tem juízo.

António Aleixo

11 comentários:

pensamentosametro disse...

Hoje é mau dia para falares de amor comigo. Porque como tão bem afirmas "O ódio é um sentimento constante, o amor, não."

Bjos


Tita

Me Hate disse...

Lamento discordar.

Mas creio sinceramente que o ódio, no tempo, cansaço, na falta de fé para tal tão forte e estupido, perde-se... inevitávelmente, até se perde pelas piores razões: ao ponto de perdoarmos o impordoável...

O Ampr é uma outra história. Pode mos NÃO o querer, sabemos que NÃO o queremos e até, (espantem-se as almas) sabemos que NÃO é aquilo que queremos ou merecemos... contudo, todos os dias, que nem uma faca numa ferida ainda não sarada: descobre mais um musculo, mais um tendão... mais uma nova dor... mais uma forma de infelizmente não esquecer mas, felizmente, conseguir ultrapassar... Caramba, nem que seja porque descobrimos que a pessoa NUNCA nos mereceu...

Certo????????

Ou não, ou não...

Carpe Diem disse...

Oh ódiosa, isso é pergunta que se consiga responder? Eu por aqui nos meus vestutos 33 anos ainda não descobri que raio é isso de "a sério"... no fundo, andamos todos iludidos nesta imagem de Vida que temos!!

pensamentosametro disse...

Pronto, sou para baralhar a coisa mais um bocadinho.

Do alto dos meus quase 51 anitos.

O amor é sempre a sério, pelo menos enquanto dure a paixão, depois, tal como areia numa bateira de mineiro, logo se vê se o que ficou é ouro ou pirite...


Bjos


Tita

Anónimo disse...

Deus me livre se o amor não é sempre a sério...
Claro que ás vezes é mais sério que outras... depende de... sei lá!!! depende e pronto..!
às vezes é tão a sério que se chora a sério, se ri a sério, mas depois de tanto chorar a sério, aparecem uns olhos que nos olham a sério e vai daí, voltamos a sorrir e a rir a sério... e pronto, amamos novamente a sério.
Amar é sério... faz bem à alma, à pele...

Me Hate disse...

Oh Carpe por isso é que quando me
perguntaram o tal a sério... eu... RI!

Enfim... com tudo o que ambos já passámos só pode ser mesmo "trote" como dizem os brasileiros...

Beijo oh pá!

Me Hate disse...

Oh Pensamentos... então para complicar um pouco mais... paixão é bom mas não é amor... amor, como o entendo (e não tem de estar certo) é depois da dita passar. Em que nos encontramos de facto com verdadeiro Outro e com no tal do Nosso mau-feitio ;)...

Amor é mesmo sem paixão querer o melhor para o outro! Por vezes longe (BEEEEEM longe mas... o melhor possível até porque ressentimento só leva mesmo a enervamento)... o que me faz lembrar que ontem cometi um erro crasso por ainda dar ouvidos a uma certa PESSOA...

e OUTRO (PARA MANTER O DISPARATE) COMETI OUTRO ERRO NÃO DIZENDO A FALTA QUE UMA OUTRA PESSOA ME FAZIA... FAZ!

Enfim... esperemos por dias melhores amanhã! ;)

Me Hate disse...

Anónimo... pois é! No fundo, amar como tudo na vida é sempre sério! desde depis, não nos esqueçamos disso e não façamos dos outros... hum... palhaços?!?!?!

Anónimo disse...

Amar...a quantos erros crassos obrigas!!!

Me Hate disse...

Anonimo, sinto-me obrigada a cncordar! Pelas piores razões... Enfin, c´est la vie! Ou la merd! Ou quelque chose comme ça!

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,