quarta-feira, março 04, 2009

Ódio e Efemérides...


Pois é... morreu num dia tal e tal... um tipinho de seu nome Saladino (em árabe Salah al-Din Yusuf bin Aiub; صلاه الدين يوسف ابن ايوب). Depois de tanto "filmeco" feito ao bom estilo de "Bollywood", desculpem, "Hollywood", eis que chega a altura de sabermos alguns factos históricos.

Foi reconhecido sultão do Egipto, Síria e Palestina e chefe militar que liderou os muçulmanos contra os cristãos durante as últimas cruzadas, acabou por reconquistar os territórios perdidos pelo Islão, tendo-se tornado uma lenda tanto entre os muçulmanos como nas bocas ocidentais. Saladino era de origem curda. Nasceu em Tikrit (hoje no território do Iraque) em 1138, e morreu em Damasco, hoje capital da Síria, em 1193. Foi o responsável por restaurar o sunismo no Egipto.

Saladino distinguiu-se pela primeira vez como Homem longe dos rapazinhos da sua idade nas campanhas do Egipto, sendo nomeado vizir... Naquela altura as coisas não se vaziam por menos.
Sultão do Egipto a partir de 1175, sucedeu a Atabeg de Mosul. Unificou o país (1164 -1174), a Síria (1174 -1187) e a Mesopotâmia, tornando-se um poderoso dirigente. Doutrinou zelosamente o seu povo a encarar a luta contra a cristandade como uma guerra santa e fundou colégios para o ensino da religião islâmica... De parvo pelo menos, já se vê que não tinha nada!!!!

Enquanto Saladino consolidava o seu poder na Síria, geralmente deixava em paz o reino Cruzado, embora saísse frequentemente vitorioso nas ocasiões em que batalhava com os cruzados... Gostava de uma palavra cruzada difícil e não tanto de Soduko!

De todas as batalhas protagonizadas por este líder talvez a mais interessante tenha sido a que travou com Ricardo... Hattin e a queda de Jerusalém foram uma desculpa - ainda que má - para a Terceira Cruzada, financiada na Inglaterra... Os ingleses, esses Cavalos de Trói dos Americanos...
A Cruzada, para variar retomou a cidade de Acre. Após Ricardo I de Inglaterra executar os prisioneiros muçulmanos em Acre, Saladino retaliou matando todos os francos capturados entre 28 de Agosto e 10 de Setembro... E não foram poucos que eles deixavam-se apanhar que nem moscas, tal era a sua "esperteza" já na época!!!!!!

Beha ad-Din descreve uma cena particularmente horrenda envolvendo dois francos capturados nesse período: "Enquanto estávamos lá eles trouxeram ao Sultão (Saladino) dois francos que haviam sido aprisionados pela guarda avançada. Ele decapitou-os ali mesmo."... coisa que certamente Ricardo não fazia aos muçulmanos que apanhou... POIS!
Os exércitos de Saladino engajaram-se em combate com os exércitos rivais do rei Ricardo I de Inglaterra na batalha de Apollonia, em 7 de Setembro de 1191, na qual Saladino foi derrotado... mesmo assim, a relação entre Saladino e Ricardo era uma de respeito cavalheiresco mútuo, assim como de rivalidade militar. Quando Ricardo foi ferido, Saladino ofereceu os serviços de seu médico pessoal. Em Apollonia, quando Ricardo perdeu o seu cavalo, Saladino enviou-lhe dois substitutos. Saladino também lhe enviou frutas frescas com neve, para manter as bebidas frias... visto isto e dada a época (ou não) Ricardo só viu uma "saída": sugeriu que a sua irmã poderia casar-se com o irmão de Saladino – e Jerusalém poderia ser seu presente de casamento... A ver, Ricardo era rei, o poderia dele era mais: deveria... ou melhor: Querida, tem de ser e "mai nada"!!!!!!

Os dois chegaram a um acordo sobre Jerusalém no Tratado de Ramla em 1192, pelo qual a cidade permaneceria em mãos muçulmanas, mas estaria aberta às peregrinações cristãs; o tratado reduzia o reino latino a uma estreita faixa costeira desde Tiro até Jafa.
Saladino morreu no dia 4 de Março de 1193, em Damasco, pouco depois da partida de Ricardo. Quando o tesouro de Saladino foi aberto não havia dinheiro suficiente para pagar por seu funeral; ele havia dado a maior parte de seu dinheiro para caridade... Olha oh tipo hem?!?!

Considerado o campeão da guerra santa, Saladino tornou-se o herói de um ciclo de lendas, que percorreram todo o Médio Oriente e a Europa, e os seus feitos são lembrados e admirados até aos dias de hoje pelos povos muçulmanos.

Forte protector da cultura islâmica, não era apenas um líder militar, mas também um excelente administrador dos seus domínios (tipo senhor Condomínio). Mandou reconstruir a mesquita de Al-Aksa na cidade de Jerusalém, e ordenou também a construção da cidadela do Cairo.
Éramos, já na altura um bando de atrasados! Enfim...

13 comentários:

kris disse...

nem tudo muda...

Me Hate disse...

Infelizmente... É verdade!

Rute disse...

Concordo com vocês.

Me Hate disse...

Falávamos dos portugas... o resto do mundo muda e, em prol da verdade, alguns "portiguise" também... os outros olha, é como a caravana... passa e cães e tal e coiso!!!!

Rute disse...

Às vezes, só às vezes, nós pensamos q temos as coisas controladas e depois sai-nos o tiro pela colátera, a mania q as outras têm de se estar a meter com os maridos ou os namorados das pessoas.

Nunca vos aconteceu.............

Desculpem foi um desabafo

Rute disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kris disse...

Rute

por isso é que eu digo OLHO ABERTO..e nada de deixar a rédea curta. Mas acho que a culpa nunca é de quem deixa....

me hate.desculpa tar a responder à Rute..era só uma opinião..

beijos Às duas

Me Hate disse...

Kris, não tens de pedir desculpa, isto aqui também pode funcionar como um twitter ou lá o que é isso um pouco mais atrasado... aliás como eu! ;)

Quanto a ti tu não deixas é a rédea LONGA! Que já te conheço de "gingeira"!!! ;) O que, by the way, também não sei se será a melhor forma de "segurar" alguém... se houver confiança nem há que haver rédea... falo por experiência. Contudo, se não houver confiança nem curta nem longa te devolvem a ti aquilo que é "teu" (?!?!)... A César o que é de César mas... só o que se estende aos domínios romanos, o império, se bem recordo, depois foi-se... ... ...

Enfim, no fundo, a culpa acaba por ser é de quem se deixa... seduzir, dominar, manipular... e aqui a lista também é extensa!

Vá minha gente: Ide, ide para vossas casas e deixai de pensar em coisas pecaminosas e ide MESMO fazê-las que essas coisas de pensar e não fazer parece-me coisa do... diabo!!!! :D

Me Hate disse...

Rute, o tiro só sai pela CULATRA quando achamos que está tudo controlado e nos esquecemos que, todo o ser humano é imprevisivel. Não vamos estar sempre ao lado da pessoa que imaginámos, não vamos cumprir o que pensávamos, não vamos aturar para todo o sempre o não sermos amados à altura e a lista pode continuar até à exaustão.

Na verdade, devemos centrar-nos é se aceitamos isso e continuamos em frente ou... nem por isso!

Já agora... as outras ou os outros não têm culpa! Se as mulheres ou maridos são nossos só se metem com eles(as) se eles(as) deixarem! Mulher, quem tem culpa nunca, mas nunca é a outra(o) é sempre a pessoa que deveria estar num compromisso e, muitas das vezes não está...

Lembrei-me agora de uma que me aconteceu e que se eu fosse inteligente deveria ter (na altura) aberto os meus "piquenos" olhos, passo a relatar: o telefone toca, a pessoa com quem eu tinha uma relação atende e do outro lado oiço uma voz que diz: "Quero-te aqui como tu prometeste!" Na altura, eu confrontei a pessoa com quem tinha a relação e, guess what?! primeiro inventou que não tinha sido isso que tinha ouvido e depois, dada a evidência disse-me: "Não te ponhas com coisas!"... Stupid me hum???????

My advice?! Get over it!

Rute disse...

Ele é divorciado e ela n o deixa em paz, apesar de ele dizer q ela já n significa nada para ele, m....,eu tb sou divorciada e o meu ex marido n está, nem liga para mim.
Obrigada pelos conselhos.

Desculpem lá estes desabafos.

Mas eu sinto-me à vontade neste blog.

Bjs às duas

Rute

Me Hate disse...

Cada pessoa é uma pessoa. O facto do teu ex marido não te ligar e não manter relação de amizade contigo não significa que que o teu actual companheiro não o faça.

A questão está: Incomoda-te? Se sim ele tem de respeitar isso e dar-lhe a entender a ela (ex mulher) que não está para arranjar problemas na sua actual relação por causa de uma coisa que aconteceu mas não deu certo.

Deste lado de cá, eu faço as malas e só me ouvem falar se "me derem corda", que é como quem diz não faço por estar, ser ou querer ser presença na vida da pessoa se ambos (ou uma das partes) achou que tal não valeria a pena. A regra quebra-se quando o outro me telefona. Para mim FIM, é como nos filmes: levantar e sair da sala...

Compreendo de certa forma tua situação, há pessoas que de facto dão a aparência (quase real) de que abandonaram a tal dita sala mas que depois, verificamos que nunca deixaram de lá estar porque no primeiro impulso, é para lá que correm.

Contudo, mantenho a tal da teoria: a culpa não é da ex mulher. É dele eventualmente! Porque no fundo ele é que está na relação contigo... não é ela!

Quanto a desculpas... na boa!!!
Não somos consultorio mas, pra lá caminhamos... ;)

Fica bem!

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,