quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Ódio e Efemérides...


Hoje vou falar-vos um pouco do Carl. Tipinho que, nos tempos de faculdade me colocou muitas questões... bom ele e alguns dos professores.

Carl Ransom Rogers (nasceu em 8 de Janeiro de 1902, Oak Park, Illinois, EUA e morreu a 4 de Fevereiro de 1987, La Jolla, Califórnia, EUA), foi um psicopedagogo e importante pensador americano, foi, acima de tudo, precursor da psicologia humanista e criador da linha teórica conhecida como Abordagem Centrada na Pessoa... Que às vezes funciona e outras... pois: não!

Rapaz estudioso, ao contrário de muita boa gente com curso, não centrou o seu estudo na ideia de que todo ser humano possuía uma neurose básica. Rogers (que nem o Buck) quis ir mais à frente e rejeitou essa visão, defendendo que, na verdade, o núcleo básico da personalidade humana era tendente à saúde, ao bem-estar. De novo, em alguns casos, ele teve razão, noutros... pois: não!

Na sua teoria havia três condições básicas e simultâneas como facilitadoras, no relacionamento entre psicoterapeuta e cliente, são elas: a consideração positiva incondicional; a empatia e a congruência. Repetindo, em alguns casos a coisa tinha resultados positivos e a pessoa saía de lá melhorzita mas, noutros casos... pois: não!

Há muitos nomes para, o que hoje se denomina de Abordagem Centrada na Pessoa (ACP), e não, não vêem buscar o nosso carro em caso de avaria.

Enfim, a sua acção ao longo deste século, foi de um contínuo empenho no caminho da liberdade e da libertação das forças interiores (Self) do ser humano, na sua capacidade de enfrentar os seus medos e o outro, acima de tudo desenvolver uma tendência e uma atitude de respeito consigo e com o outro e evolvido, no seu crescimento.

Essas forças internas do ser humano mostram-se na sua forma de ser – ser em si e ser no mundo - se for sempre receptivo ao desenvolvimento e aprendizagem positivos, tendo dentro de si algo que o impulsiona: a tendência actual, modos de auto-actualização das suas potencialidades, de fazer, sentir, agir e ser "dono" do seu auto-desenvolvimento.

Termino e para não vos dar uma grande "séca" com uma citação do Carl para pensarmos um pouco... POUCO ok!

"A Questão é saber se podemos permitir que o conhecimento se organize no e pelo indivíduo, em vez de ser organizado para o indivíduo."

5 comentários:

Anónimo disse...

Lá tás tu com as tuas tretas de profundidades! Não basta ter andado a ler o li? Chega! Não me atormentes mais e assuntos que se realizam com coiss féceis: este sábado vou sair. Aqueles sitios fatelas que passas a vida a falar no Bairro alto. Vens ou não?

V.

Me Hate disse...

Já te disse que não ando com paciência para sair... um café, ainda vá que não vá e um jantar (barato) também mas já falamos ok????? Vá: see later wallygator!

Anónimo disse...

Não sou organizada, ponto.

V.

Me Hate disse...

Pois... nem na cabeça, quanto mais!!!!! ;)

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,