quarta-feira, julho 23, 2008

Ódio e 3 momentos...


Na janela frente ao mar
Cada onda é pensar na tua volta
Cada ventania
É como se fosse o teu carinho
Há tanto ansiado
Conto o tempo como quem desfia
Rosários de mil saudades
No rochedo onde é minha casa
Vislumbro o mar
Ainda agarrada ao odor
Da nossa última noite
Sinto os ventos
Como uma fugaz lembrança
A carta
Ainda com as tuas letras
Escritas em frágil folha
Que tenho como mais a preciosa jóia
Daquilo que sou:
Sou quem aguarda
Quem ama
Quem anseia
Em mil tempos
Mil Eternidades...

5 comentários:

pensamentosametro disse...

Ai a saudade, nisso somos muito parecidas, não a escondemos, não fingimos que a não sentimos. Gritar a saudade que alguém deixou, ajuda-me a manter-me perto de quem partiu.


Bjos


Tita

Anónimo disse...

a que se deve tanta saudade Me Hate? beijos

Me Hate disse...

Tita,

Há muito que aprendi que não revelarmos os nossos sentimentos e acima de tudo, esconde-los provoca/promove a doença interna a que muita das vezes chamamos de loucura... Ora... dado que já não sou muito boa da cabeça... é melhor, não ficar pior! ;)

Me Hate disse...

Anónimo... para saber a resposta a tal pergunta... por favor: identifique-se!

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,