sexta-feira, agosto 03, 2007

Ódio em versão de Diabolica e em dicionário...


Admitir:


v.t. Confessar. Admitirmos os nossos erros uns dos outros é o mais alto dever imposto pelo nosso amor à verdade.


Então... porque mentimos por coisas tão pequenas????

Hum... ... ...


O Ódio é de prata e o silêncio é de ouro.

26 comentários:

Carpe Diem disse...

Tb n sei responder a isso, acho triste q as pessoas mintam por coisas q têm menos interesse do q a partida poderiam supor... pq a Vida é curta pq n aproveitar e dizer a verdade mesmo q doa... mt pior e persistir no erro e dizer palavras q deviam ter sentido e afinal são nulas...

Beijos e abraço forte pq eu apenas me estava a meter ctg :)

PCS disse...

Pronto! Mão minto mais eu assumo:
Já vivi no século XXV...

PCS disse...

ups...Tugiu-me o pé para a mão

PCS disse...

ai que já estou a errar nuito...

Thunderlady disse...

Pequenas? Para quem?

Me Hate disse...

Carpe... acho que para muita gente a mentira está aliada ao conveniente... a "dito ar condicionado no quarto do vizinho quando sabemos que a nossa cada está quente por demais"... A mentira é apenas mais uma forma de não darmos ao outro aquilo que ele(a) passa a vida a pedir-nos confiança!

Enfim...

Olha que fizeste mal... grande filme... e daqiui a pouco, espero, grande jazzzzz hoooooooot.

Beijo.

Me Hate disse...

Pcs... mas nós já sabiamos da tua horrorosa tendência sanguinária que não te permite ver o sol... Gostamos de ti à mesma. ;)

Me Hate disse...

Thunder, deveria ter colocado o pequenas entre aspas para não ser lido da forma literal... Uma mentira nunca é pequena... mas é triste porque acaba por nos diminuir e tornar-nos mais pobres aos olhos dos outros... as minhas mentiras já foram pagas com muita lágrima, mas ao menos no fim, depois de tudo passar e estar arrumado admiti-as e pedi desculpa... triste ainda, é se reiteramos nas mesma e isso acaba por nos levar as coisas boas que a vida nos ofereceu... mas em ultima análise, isso depois já é a escolha de cada um... Há que libertar o outro e que nos dar liberdade para errar (errarmos) o que tiver de ser vivido erradamente... o problema é que depois de tanto erro, quando quisermos voltar atrás.... pode ser tarde demais...

E pronto lá estou eu a deambular por galáxias nunca antes conhecidas... ;)

Carpe Diem disse...

Eu queria ir ver o filme e fiquei a espera de uma resposta tua que não veio... como te reconhecia? Pensei que tivesses acabado por desistir...

Tb adoro Jazz :(

Beijos

Daniela Mann disse...

Ora ai está uma excelente pergunta! eh eh eh
Será que conseguimos responder sem mentir? LOLOLOLOL
Beijinhos

PCS disse...

ehehehe como voçês gostam de "mentir"...errado....eu vejo muitas vezes o sol;)

MAF disse...

sabes...tenho muita dificuldade em perceber o porquê das pessoas mentirem por coisas pequenas, mais do que pelas grandes. Por coisas importantes, a difernça entre a mentira e a verdade causa estragos, agora em pequenas qual é a necessidade? qd se dá mentiras pequenas, é porque se é mentiroso compulsivo e a partir desse momento passo a ver essa pessoas com outros olhos

Me Hate disse...

Carpe não sou rapariga de desistir... Fui ao filminho e fui ao jazz... Enviei o mail para ser mais facil contactares-me como não disseste nada pensei que não estivesses afim... No problem, para a proxima xcombinamos as coisas com mais tempo! ;)

Beijo

Me Hate disse...

Dani: muitos certamente, terão uma certa dificuldade em fazê-lo mas... that´s just life... doing it´s worst! ;)

Me Hate disse...

Maf, penso mais ou menos como tu... Se mentimos nas "merdices" imagino, que se minta nas "hard-core"... e também não compreendo, porque se há coisa que já aprendi ao mentir é que, usualmente somos apanhamos e a confiança nessa pessoa sofre um golpe desgraçado... pior... é que depois como ficamos desconfiados, acabamos por apanhar a(s) pessoa(s) em mentiras ainda piores... é um crescendo de "big fucking shit" que, em muitos casos arrasa com tudo! Enfim...

Me Hate disse...

Pcs... isso de veres muitas vezes o sol... ainda tem de ser comprovado à laia de Maomé ir à montanha ou da montanha ir a Maomé... got it? ;)

Anónimo disse...

Parte do que ficou em mail directo mas acho importante ficar aqui também...

"Vamos por porções:

Assuntos como o amor, fidelidade e relações, são mal entendidos na maioria das pessoas neste seculo.

Cada um deve extrair as suas vivências, contextualizar o passado e preparar o presente. Só assim, estes conceitos farão sentido, e não de uma maneira politicamente harmoniosa só porque se tem de agradar, isso ja foi feito nos outros milenios.

O amor é fodido porque as pessoas o criam fodidas, é como um achado paleolitico em palimpsesto.

Deixem-se de cinismos! O que toda a especie humana anda a procura e de acasalar, procriar é proprio da natureza mais intrinsecamente humana.

Mas quem é que hoje é fiel aos principios e ideias!!! Hoje o grande problema e falar de mais sobre estas questoes do que e ESTAR numa relacão... o contacto, a entrega em termos de especie humana e demasiado grande e custa demasiado a algumas pessoas...

Homo Sapiens Sapiens ha por aí muitos. O que nao sabem é que estao perto da extinção!"

PCS

Me Hate disse...

Pcs...

Por porções deste lado de cá também... ainda que, o amor por porções, desculpa lá mas é uma gradessissima merda... mesmo que sendo só para escrever acerca dele...

O Amor (repara com A grande) ou açambarca tudo que nem diluvio ou então: esquece!

Morno é bom para os fracos de coração! Morno é bom para quem não sabe, esqueceu ou prefere esquecer o que é a verdadeira entrega! Morno é bom mas... não é para mim!

Morno é como o leite: faz-me vomitar! E, para mais, começo de facto, a não ter paciência para quem pede galões porque não se sabe decidir entre leite e café... e acha que aquilo sim é que é bom... não decidir nada na vida é DE FACTO muito mais fácil do que terem-se tomates e dizer: Que se lixe! É isto que eu quero, contra tudo contra todos!!!!!!!!!!!

Posto isto!

Sim, o amor e a fidelidade e afins são mal entendidos e usualmente tratados como se fossem pensos higienicos... hoje da-me jeito ser assim e tu seres assado, amnhã talvez não!

Preciso de dizer de novo que o amor é fodido???? E que são as pessoas que o fodem???? Não creio!

Discordo no entanto de que aquilo que a "especie humana anda a procura é de acasalar"...

Estamos/sentimo-nos cada vez mais sós e creio que essa solidão para animais que sempre viveram em sociedade se torna por vezes esmagadora, e em raros casos sufocante... sinto ambos! Procuramos por isso no outro o nosso complemento mas acima de tudo, uma companhia... É cinismo isso sim, dizermos que "não preciso de estar com ninguém basto-me a mim!" mais cinismo ainda quando sabemos que a(s) pessoas não passam um dia inteiro de completa solidão.. seja porque trablham, seja porque depois se partilham em casas de outros... queremos companhia!

Eu gosto, como já referi num dos textos do Sushi Meeting de em certos dias "(...) retornar a uma Casa em que a única coisa que quero muito é o poder abraçar a pessoa amada e ali ficarmos, o tempo que for necessário em silêncio." e isso não sendo possivel abate-se sobre mim e creio, sobre quem tenha qualquer tipo de pulsação no seu corpo, como chumbo que nos entristece francamente!

E sim, infelizmente não há os ditos e já bastante falados por nós, principios e ideais francos e transparentes de se saber o que é ESTAR-SE NUMA RELAÇÃO sem arrastar o segredo, a mentira e uma data de outras coisas... bem menores... somos uns malditos cobardes!

Vendemo-nos muitas das vezes pelo conforto de um pseudo-calor humano que não nos dá muito trabalho e ao fim do dia dizemos falsamente convencido; Ah por fim: PAZ!

E não Pedro, Homo sapiens sapiens com o esplendor da chama do Amor, infelizmente não os há aí aos pontapés e certamente, estão (se é que já não são) criaturas de extinção. Bem feito para essa corja que não sabe evoluir para o cinismo e para o não-amor!

Me Hate disse...

Desculpa lá mas... enfim... sinto a tal pulsação e isso da-me ganas de me extinguir em breve!

PCS disse...

Bom! Posto isto desta maneira, até porque estou na idade de Cristo, sinto que dos “tais” não passo.
Será que ainda estou no Neandertal?
Logo eu que gosto tanto de galões!

Me Hate disse...

Tu és rapaz de galões?????

Não me faças rir que não aguento tamanha mentirola...

ADMITE que ainda que gostasses de beber galões, contigo, tal como comigo: ou leite simples frio (quase a gelar) ou café quente (quase a queimar)...

O Carmo e a Trindade disse...

Pressinto uma fortissia dor por detrás dessa escrita que parece fluir-lhe tão bem por entre os dedos. Estarei errada?

Me Hate disse...

stará correcta e acabemos por aqui a... dissertação!

xá-das-5 disse...

eu nem às paredes...

Me Hate disse...

Tu nem às quê?????

Acho bem... as paredes dizem... têm ouvidos e por isso... mais vale o silêncio do que... o confronto...

Compreendo...

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,