quinta-feira, março 22, 2007

Ódio que me vou...


E depois de tão má notícia: Retiro-me!
Vou-me daqui para fora que hoje este sol convida a que nada se faça!
Vou procurar o meu lugar ao sol num dos recantos da cidade que mais gosto: El Niño!
Ouvir Amy Winehouse...
Ler ”Uma Cana de Pesca para o Meu Avô” de Gao Xingjian... ... ...
E, já agora... parafraseando a Amy: I´m going to rehab!
Life is (at least for some uf us...) Goooooooooood!!!!!
Há Ódio e ódio, há ir e não mais voltar!

33 comentários:

Ossos do Ofício disse...

arq Xá

Me Hate disse...

Isto, não pode ser do teu arquivo oh Xá!
Então isto é o interior de uma casa particular...

Thunderlady disse...

Me Hate... eu a fazer-te uma homenagem tão bonita... e tu... xamnife, xanife... vou ali chorar um bocadinho e já venho...

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Sim,é o interior de uma casa particular que saiu na capa de uma das revistas de decoração que tenho lá por casa... Máxima Interiores, se não estou em erro. Ou se calhar estou, mas é uma dessas publicações.

Me Hate disse...

Thunder: Aqui vai o lencinho... Xuinf, xuinf para ti também... Giro, giro era tu colocares o teu Passaporte... DUH!

Formigas: É isso mesmo, não erro!

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

O Ninho e a Amy Winehouse ainda vá que não vá... Agora o escritor chinês!... Deixe-se disso, Me Hate. Conselho da semana: "O Crepúsculo do Amor" de Robert Dessaix. Para quem gosta de deambulações pelo mundo e adivinha algum interesse na obsessão do autor pelo escritor russo Turgueniev. O fim do romantismo como corrente literária e atitude perante o Amor. Banda sonora para acompanhar: "Greatest" de Cat Power.Enjoy it.

xá-das-5 disse...

Cat power não será um bocado a abrir mesmo para a leitura de um livro que deambula pelo mundo? Digo eu...

Qto à imagem, magazine concerteza. Como gostei do aspecto, principalmente deste corredor, ficou-se-me na memória uma bloguice, mas não, mas não.

Me Hate disse...

Formigas: Ainda me há-de explicar essa leitura de pensamento que adivinha/traduz/sabe que o El Niño é o Ninho... Quanto à proposta: Aceite! Mas só daqui a um tempinho... estou a acabar este livro e não o vou deixar a meio...seria, no minimo, cobarde!
Mas hoje, a ver se depois desta reunião tiro um minuto para ouvir Cat power que de facto, não conheço.

Xá: O que é novo e (pode) enriquecer-nos pode (deve) ser aceite... Abre-te um pouco mais homem! As coisas, às novidades... sobretudo, às hipoteses de ser e vir a estar de forma diferente!

FG disse...

Mas não se trabalha????

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Mas atenção à recomendação: tem de ser efectivamente o álbum "Greatest". Os restantes, como Xá-das-5 diz, e muito bem, são um pouco "pesados".

Em relação ao Ninho, perdoe-me a má tradução. O castelhano não é o meu forte - eu sou o género de pessoa que em Espanha fala inglês por pura vergonha de me sair da boca um portuñol rafeiro. E é nesse portuñol que niño é ninho... LOL

Me Hate disse...

FG: Claro que trabalha! Trabalhei até às 23.00 durante a tarde na minha hora(s) de almoço fui passear... Também posso não?

Formigas: como menina bem mandada (!?) Cat está ouvido... e escutado (http://nehuatl.imeem.com/music/_vsKhJG8/the_greatest/)... muito bom! Gostei também de Sea of Love... mas, como alguém diria... é um pouco "musica de cortar os pulsos"!

Quanto às suas traduções: pois sim! Eu quando estou em espanha também tenho o hábito de falar... mandarim!

Me Hate disse...

Xá: meu ganda maluco... tienes de blogar um poquito menos e conviver um poquito más! Senão qualquer dia, as tuas memorias, são todas... estarão todas... blogadas!

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Ainda bem que gostou de Cat Power. Agora já só falta o livro. Li-o durante esta semana e queria mais dele... "Why do all good things come to an end?" Bom, acho que se segue um pouco da poesia de Luís Quintais para o fim-de-semana. Ou não, por ser um pouquinho "gore". Os dias já estão a pedir coisas mais festivas, não é? Nesse caso,é melhor passar o fim-de-semana a beber à Primavera! ... :)

Me Hate disse...

Creio que "they end to show us the difference between good things and... not so good stuff" ;)
E sim, creio que terá razão, do pouco que conheço de Quintais, este sol pede sem dúvida algo menos... Splatter!
Por estes lados e depois da semana infernal que tive, é garantido um vinho verde ou branco (fresquinho) no meu lugar ao sol de eleição... Até já sinto o cheiro da maresia, vejo a beleza da cidade... ai, ai...

Thunderlady disse...

Me Hate, colocar o meu passaporte não era nada giro. Achei mais interessante os meus leitores imaginarem qual será ele :P

Me Hate disse...

É o teu blog... podes fazer dele o que quiseres... Com aprovação (ou não) dos que por lá passam (eu sou uma das que está reprovada... já sei! :p) contudo, do pouco que conheço, o teu não deve (não pode) ser muito diferente do meu... Temos o mesmo requintado gosto pelas coisas da vida! ;)

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Lugar de eleição ao sol? Hummmm... só pode estar a falar daquela paisagem tailandesa com que nos presenteou uns posts abaixo... :)

Me Hate disse...

Ok... aqui vai algo de verdadeiramente ousado: essa passagem para Thai é mesmo para quando????????

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Por regra, as ousadias devem ser votadas à indiferença, mas... dizer o quê? So many things to do, so little time :)

Me Hate disse...

Eu acho que a situação que aqui se coloca será mais: as ousadias não são para qualquer um... Sou ousa quem... não teme... Não teme o não, não teme a aventura e, sobretudo, não teme a indiferença mas... realmente: So little time to do it! Então, o tempo que há mais vale aproveitar ao máximo e acima de tudo quem nos merece esse tempo... Pois que me parece obvio que alguém com quem se "vai blogando" não será a pessoa mais adequada com quem passar tempo... Obrigada de qualquer forma pelo tempo (ainda que virtual) que me vai dispensando... ;)

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Menina Me Hate: julguei que hoje não se sentia auto-centrada! Afinal... Quando me referi a "so little time to do it" quis dizer que não nado propriamente em tempo para ir apanhar um solzinho onde mais me apetece. Nada tem a ver com o tempo que, como diz, lhe "dispenso" aqui no blog. O verbo "dispensar" aqui não se aplica, a meu ver. Entendo estas nossas conversas não só como proveitosas, mas também as vejo como a companhia que vamos fazendo uma à outra. Agora se reduz a questão a uma pessoa com quem "se vai blogando e, como tal, não merecendo que com ela se passe demasiado tempo... certo! Nunca me agradeça o tempo que aqui estou. É com prazer que o faço.

Cordialmente

Me Hate disse...

É com prazer que também aqui a tenho... Não se arrelie! As nossas conversas são de facto, proveitosas e, na maioria das vezes, um deleite... Perdoe a... Ousadia...
E então permita desde já, dizer-lhe o seguinte: não tendo tempo para a viagem efectiva, este fds haveremos de viajar (mentalmente) até lá... Acredito que tenha mais experiência no dito país do que eu e, portanto, a sua "viagem" será certamente, melhor do que a minha... ainda assim, aceite com sinceridade a proposta!

Afectuosamente

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

A miséria a que uma pessoa se sujeita: viagens mentais!... Quando andam para aí imbecis a correr o mundo de trás para a frente sem o merecerem, com a atitude provinciana de quem nunca deveria ter saído de debaixo da pedra onde nasceu. Oh injustiça!
Pois seja, então. Proposta aceite. Depois diga-me o que por lá viu. E se gostou, já agora.

Me Hate disse...

Há que gente com sorte e depois há os fi... da...
E depois há gente como nós... Sem sorte mas, com muito boa vontade... E que, certamente, não saiu debaixo de uma pedra...
E pronto, lá está a velha história: não se pode ter tudo! Good looks and intellenge usually, doesn´t come with cash!

Um bom fim de semana!
Uma boa viagem!

Dei-me conta (agora mesmo)... o fds não vai saber ao mesmo!!!!!!

xá-das-5 disse...

Confesso que toda esta troca de mensagens me perdeu...
É que nem há pachorra para ler tanta coisa...

Me Hate disse...

Eh pá... eu tenho mas... a paciência é uma virtude! :)

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Que tal essa viagem por terras do Sião? Ontem traí um pouco o espírito tailandês da coisa e dediquei-me de corpo e alma às iguarias japonesas. Shame on me!

Mas de resto, pensei em bungalows na praia a dois passos do mar, mergulhos à noite, camas cheias de almofadas envoltas em mosquiteiros brancos, temperaturas de sonho, palmeiras à beira da água, pirâmides de fruta, cerveja gelada, música até de manhã... and some soft, soft drugs. E, naturalmente, algo de maior que desse sentido a tudo isto, mesmo ao hedonismo.

Claro que depois acordei, o dia estava cinzento, a disposição alterada, a ansiedade nos píncaros e senti-me um bocadinho infeliz.

Vou ver cinema. "As vidas dos Outros". Não sei se vou melhorar.

É com a dor do dia, mas com ternura, que me despeço.

Me Hate disse...

Hum... e que bom trair o espirito da coisa por iguarias tão deliciosas (confesso que agora fiquei com um pouco de inveja)...

Quanto a mim e à minha viagem... Tive a felicidade rara de conseguir estar uns minutos só e então imaginei-me a percorrer um mar de jade, com ilhas labirinticas que rasgavam o mar na sua imensidão, imaginei-me lá sendo o nada, tendo o nada e ao mesmo tempo, nesse momento, apoderou-se de mim um sentimento de preenchimento como se ali pertence-se e como se ali deve-se permanecer sempre... Senti o sol bater-me na cara, a temperatura humida a entranhar-se no corpo... Estava bem, estive em paz... Foi bom... Um momento no tempo apenas, mas de tal intensidade...

Acordei com energia renovada (como aliás, é comum na minha pessoa) e senti um rasgo de felicidade...

Tenho pena que se tenha sentido assim, no dia seguinte... Essa dor nunca amansa? Não a deixa? Ninguém a pode conter? Não sei Formigas, imaginar o que imaginou e sentir-se assim depois, faz-me crer que possivelmente, estará mais feliz na Tailândia do que cá...
Revelo-lhe o seguinte: Sem nunca ter ido à India (ainda que já tendo estudado a sua cultura em mais do que uma casião) sinto em todos os poros do meu corpo que aquele é o meu país de alma (um pouco também como a Tailândia) e, sem que o consiga explicar muito bem, sinto que será lá (ou na Marquesas) que acabarei os meus dias... talvez se passe qualquer coisa do género consigo... Não sei... Talvez esteja errada...

Ao menos o cinema foi bom?
Esse filme ainda não vi... aconselha?
Hoje irei ver o "Pequenas flores vermelhas"...

Sem dor (ainda que compadecida com a sua) e com muita ternura, não me despeço, é só um até já!

quandoasformigasatacamopicnicestácomprometido disse...

Claro que a dor amansa. Não me sinto todos os dias assim, felizmente.
Acabei por não ver o filme, mas estou convencida de que é muito bom.
Também gostaria muito de ver "As pequenas flores vermelhas" e, ainda no âmbito do cinema chinês, o último de Zhang Yimou, "A Maldição da Flor Dourada", que deve ser um festim para os olhos.

Me Hate disse...

Ainda bem...
Pena, entretanto já me informaram e já me disseram que o filme será muito bom mas, não deve fazer o meu estilo... Tirarei as minhas conclusões quando vir!
As pequenas flores terão de ficar para a proxima segunda novas noticias alteraram os planos :(
Quanto à Maldição... já vi... tem a Gong Li, só por isso é um festim, ponto!

xá-das-5 disse...

fénix....

Me Hate disse...

Não, não tem Fénixes... ;)

somebody disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,